terça-feira, 3 de março de 2015

Iniciados: G.D.Alfarim 0 X G.D. Os Amarelos 4

O lado "B" do Futebol
O que tem o futebol de diferente e singular que o torna quase um motor que faz mexer multidões, que arrasta verdadeiras legiões de fãs por todo o mundo?
Do cantinho mais recôndito às grandes metrópoles, por todos os cantos do mundo, novos e velhos, letrados e iletrados, todos reconhecem os jogadores como verdadeiros ídolos e consequentemente um exemplo de vida para os mais jovens.
Não sendo sequer a actividade desportiva mais antiga, pensa-se que remonta ao século III A.C., é, no entanto, reconhecida como Desporto Rei.
Para alguns mais do que um desporto é quase uma filosofia de vida, existindo quase quem coma, beba e respire futebol!
Símbolo de masculinidade, é no futebol que os pais querem ver os seus filhos, perseguindo com eles um sonho que muitas vezes ficou pelo caminho.
A disputa entre clubes, por seu turno, é dos principais temas de conversa entre indivíduos do sexo masculino que, encarnando o papel de verdadeiros treinadores desenham as táticas infalíveis para vencer o adversário!
A evolução dos tempos veio mostrar que o futebol não é só para homens e assiste-se hoje a uma franca ascensão da modalidade na vertente feminina.
Continua, no entanto, a ser encarado, como um desporto para duros, olhando-se muitas vezes os atletas como autênticos guerreiros, qual gladiadores numa arena Romana!
Esta dureza origina por vezes alguns episódios menos saudáveis, menos bonitos e que em nada abonam pontos para o desporto rei. É feio quando vemos atletas de alta competição cometer infracções graves como são as agressões gratuitas e desnecessárias, que não levam a nada nem a lado nenhum, quer sejam físicas ou verbais. Grave é também assistir às movimentações de alguns grupos organizados que, sob a capa do apoio incondicional ao clube, cometem as maiores atrocidades…é grave, é feio, é lamentável.
Bonito e bom é sair de casa, com sol ou com chuva, para apoiar a equipa do nosso coração e fazê-lo de forma desinteressada.
Apoiar e acreditar até ao fim, mesmo nas condições mais adversas, e então quando se trata de escalões de formação, este – como alguém lhe chamou e bem! – este lado B do futebol, vale mesmo a pena!
Vale a pena vê-los crescer, vale a pena estar presente, vale a pena os cumprimentos pela manhã, vale a pena as lágrimas que às vezes já nos (me) envergonham, porque a vida é mesmo assim: feita de pequenos momentos que nos ensinam a crescer e a criar laços fortes e duradouros que dificilmente se irão desmanchar.
Esta semana os Iniciados do Grupo Desportivo de Alfarim receberam os Amarelos da vizinha cidade de Setúbal, o resultado foi negativo, perdemos por 4 bolas a 0.
Mas mesmo assim, valeu a pena, nem que tenha sido para ver o Bruno Correia jogar como ainda não tinha jogado este ano…parabéns!
Este é afinal o lado B do futebol, o lado bom, aquele que vale sempre a pena!

video
Fotografias gentilmente cedidas por Tiago Marques

Anabela Pinto Coelho  

Sem comentários: