segunda-feira, 24 de fevereiro de 2014

Iniciados: Alcacerense 6 X G.D. Alfarim 2


A equipa de Iniciados do Grupo Desportivo de Alfarim deslocou-se no domingo, 23 de fevereiro, ao Estádio Municipal de Alcácer do Sal para defrontar a formação local, saldando-se o resultado numa pesada derrota de 6 bolas a 2.

O sol mostrou-se envergonhado em afastar a baixa temperatura que se fazia sentir e envergonhados também se mostraram os jovens do Alfarim na entrada em campo. Pouca concentração e défice de garra do colectivo, levaram a que o anfitrião inaugurasse o marcador tinham passado 8’ do início da partida.

Aos 15’, Pedro Dias faz falta para grande penalidade, quando permite que o esférico lhe toque na mão e assim o anfitrião sobe a vantagem alcançando os 2 a 0.

Aos 22’ acontece o pior – o guardião Rui Patrício é penalizado com cartão vermelho e assinalada mais uma grande penalidade a favor da equipa da casa, de onde resulta o terceiro golo da manhã. Foi chamado a defender as redes do Alfarim Miguel Vicente e sai Rodrigo Marques.

E foi preciso esta distância e menos um jogador em campo para que o Alfarim entrasse finalmente no jogo, do que resulta, 6’ depois, um fantástico golo apontado por Rui Cláudio que, recuperando o esférico a meio campo, desmarca-se em velocidade e goleia.

Mesmo em cima do apito para intervalo, o Alfarim ganha grande penalidade, chamado a marcar Rui Cláudio diminui a desvantagem, colocando um 3 a 2 no marcador, resultado que nos leva ao intervalo.

A segunda parte teve inicio passavam 4’ do meio-dia e aos 8’ o Alcacerense continua a subir a vantagem marcando o 4.º golo da manhã. Aos 24’ o anfitrião continua na sua senda pela vitória e atinge o 5.º e 4’ depois o 6.º.

Nesta segunda parte, não houve assim grandes novidades, o Alfarim continuou a não conseguir acompanhar a velocidade do adversário, mostrando-se a equipa muito abaixo da sua real capacidade, mostraram não conseguir ainda ter a suficiente e necessária maturidade intelectual para aguentar a pressão.

De realçar também que o facto de terem jogado praticamente desde o inicio com um jogador a menos, o facto do colega ter sido expulso da forma que foi, foi com certeza motivo de desequilíbrio para os jovens atletas, afinal pedir-lhes maturidade é fácil para quem analisa o jogo, mas na verdade não nos podemos esquecer que ainda não têm idade para tanto!

Melhor sorte para o próximo desafio, e sempre, sempre, nas vitórias e nas derrotas: todos juntos pelo Alfarim!

Anabela Pinto Coelho

FUTEBOL: 4º Encontro Distrital de Traquinas


Exmos. Senhores,

Informamos que, devido à previsão das condições climatéricas para o próximo fim de semana de 01 de Março de 2014, data em que se realizava o 4º Encontro de Traquinas no estádio António Almeida Correia (FONI), o mesmo fica anulada realizando-se o mesmo em data posterior, da qual se dará conhecimento aos clubes.


FUTEBOL: resultados


segunda-feira, 17 de fevereiro de 2014

Iniciados: G.D. Alfarim 2 X Vasco da Gama de Sines 0

A equipa de Iniciados do Grupo Desportivo de Alfarim recebeu no passado domingo, dia 16 de fevereiro, a formação do Vasco da Gama de Sines, amealhando mais uma vitória, por duas bolas a zero.
A partida inicialmente agendada para as 11h00 da manhã, iniciou-se eram 11h16 e durante a primeira parte do desafio, embora o Alfarim tenha dado luta e praticado bom futebol, a formação visitante teve mais posse de bola e consequentemente rematou mais à baliza de Rui Patrício, que, atento, defendeu sem hesitação todas as investidas do adversário.
A recompensa pelo esforço chegou já quase em cima da hora do intervalo e foi Rui Cláudio que concretizou um magnífico golo para a formação anfitriã.
Na segunda parte, as substituições decididas pelo Mister João Ribeiro surtiram efeito, refrescando a linha ofensiva e impregnando no jogo mais velocidade, traduzindo-se assim nalgumas jogadas de realce, uma das quais resultou no segundo golo, também da autoria do atleta Rui Cláudio, tinham passado 15’ do recomeço do jogo.
Estão assim todos de parabéns pelo excelente desempenho, luta, garra, união, um jogo vivido fora das quatro linhas com muito entusiasmo e orgulho, que resultou numa merecida vitória.
A todos aqueles que todas as semanas marcam presença, tendo como principal objectivo motivar e apoiar incondicionalmente quem está em campo, os Iniciados agradecem!

Anabela Pinto Coelho

FUTEBOL: Mapa de Jogos de 22 e 23 de Fevereiro de 2014


FUTEBOL: resultados


terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Iniciados: Leão Altivo 1 X G. D. Alfarim 1

Quando a temperatura convida ao aconchego do lar, a chuva quase não deixa abrir os olhos, o equipamento cola ao corpo e o vento joga mais do que os jogadores, e ainda assim para além dos 15 atletas presentes, observamos fora das quatro linhas mais de 20 pessoas, só nos ocorre dizer uma coisa: Obrigada!
Poderão alguns dizer: são os pais e é essa a sua obrigação… pois é, mas podiam demitir-se dessa obrigação, porque não são só os pais e não são uns pais quaisquer: são pais, mães, irmãos e avós, que todas as semanas, durante os praticamente 9 meses da competição, nunca se demitem, nunca viram a costas à chuva e ao frio, porque se a equipa enfrenta então a família enfrenta também, se a equipa precisa de ânimo, de incentivo, de motivação, então a família está lá e entre frases acertadas e outras nem por isso tão certas, está lá, a dar o corpo ao manifesto, a dar “o peito às balas”, a gritar até que a voz doa, e se a chuva chega aos ossos não faz mal, porque a alegria de ver os filhos jogar é sobremaneira compensatória de tudo o que se possa passar…afinal o que é amor sem sacrifício? Será com certeza também amor mas não é a mesma coisa…
É assim que me ocorre esta semana começar a crónica do jogo dos Iniciados, que me perdoem aqueles que esperam em quatro linhas descobrir só quem marcou os golos e qual o resultado final, mas esta semana, talvez tenha sido da chuva ou talvez tenha sido mesmo pelo comportamento exemplar que os jovens do Alfarim mostraram, as palavras teimaram em sair-me deste jeito…
A partida com o Leão Altivo marcada para as 9h00 da manhã de domingo, dia 9 de fevereiro, no campo da Medideira, teve início à hora marcada e os jovens guerreiros liderados pelo Mister João Ribeiro entraram em campo com tudo: garra, concentração, muita, muita atitude, dominaram a partida durante toda a primeira parte, deixando o adversário a pensar onde estariam os miúdos com quem jogaram em outubro de 2013?
Dominando e anulando as investidas do adversário a todo o campo, o GD Alfarim, apesar do temporal, foi recuperando a bola cada vez mais no meio-campo do adversário e saindo a jogar explorando o espaço entre as linhas do Leão Altivo que não conseguiu anular as dinâmicas de jogo da equipa visitante.
Ao longo da primeira parte e em todas as jogadas ofensivas (e derivado à força do vento) tardava o acerto no último passe, porque de resto toda a jogada era bem desenhada. A recompensa tardou em chegar mas foi brilhante, da autoria de Rui Cláudio e já perto do apito para intervalo, um golo magnífico que nos fez esquecer a chuva e o vento e nos veio misturar no rosto já molhado, um gratificante sabor a sal! De assinalar que segundos antes do apito do árbitro a bola teimou em não entrar embatendo no poste direito da baliza da equipa visitada.
Na segunda parte do desafio a equipa do Alfarim começou a demonstrar já algum cansaço, fruto do grande esforço empregue na primeira parte, mas mesmo assim continuou a pressionar e bem o adversário. À medida que o tempo foi avançando e a intempérie foi piorando, o GD Alfarim resguardou-se um pouco espreitando sempre o segundo golo, que poderia ter acontecido por, principalmente 2 vezes em que esteve cara a cara com o guarda-redes da equipa visitada.
O Leão Altivo que desde a 1ª parte e fruto de não conseguir desenvolver o seu jogo com a bola rente ao relvado, intensificou o futebol direto, bombeando consecutivamente o esférico para o outro meio-campo. Tinham decorrido 20’ quando o anfitrião chega à igualdade, num lance que deixou a todos muitas dúvidas mas que, no entanto, o trio de arbitragem considerou válido. Não se pode também aqui retirar o mérito à formação anfitriã que, no lance em causa, aproveitou alguma permeabilidade na defesa do Alfarim e com garra também por marcar rematou na baliza de Rui Patrício que, avançado, não teve qualquer hipótese de chegar ao esférico.
O primeiro jogo da segunda volta: o melhor de todo o campeonato! Continuem a brindar-nos com espetáculos assim, vocês são capazes!
Anabela Pinto Coelho e João Ribeiro