terça-feira, 11 de novembro de 2014

Iniciados: CCDBrejos de Azeitão 7 X GDAlfarim 1

A equipa de Iniciados do Grupo Desportivo de Alfarim deslocou-se no passado domingo, dia 9 de novembro, às instalações do Centro Cultural e Desportivo dos Brejos de Azeitão para defrontar a formação local, saldando-se o resultado em 7 bolas a 1 a favor do anfitrião.
A partida teve inicio passavam 4’ das 9h00 da manhã, a chuva ameaçava cair a todo o momento embora alguns raios de sol teimosos fossem surgindo por entre as nuvens e foi entre esta intermitência que a equipa dos Brejos inaugurou o marcador, mal tinham passado 5’ do inicio do desafio.
Depois do primeiro golo sofrido o Alfarim acusou a pressão pela positiva e partiu para o ataque ocupando o meio campo adversário durante consideráveis minutos.
Aos 11’ o Alfarim sofre o segundo golo da manhã, num momento em que o guardião se adiantou, o que pode sempre ser positivo, no entanto o trabalho tem de ser coordenado com a defesa que, neste caso ficou demasiado atrasada.
A partir daqui o rendimento decresceu e até ao intervalo sofremos mais 3 golos.
Na segunda parte e sensivelmente ao minuto 6’, o anfitrião sobe a sua já grande vantagem marcando o sexto golo da manhã.
À semelhança do que já vem sendo hábito, e talvez seja importante perceber porquê, nesta segunda parte a equipa esteve mais ativa, mais entrosada e surgiram mais algumas jogadas de realce nomeadamente a que deu origem ao único golo do Alfarim, momento em que o atleta João Coelho, acreditando até ao fim, tirou literalmente o esférico dos pés do guardião do Brejos, passando-o ao colega Rodrigo Marques que, oportunamente, marcou a favor da formação azul e amarela.
Antes do apito final o anfitrião ainda teve tempo para marcar mais um, definindo assim o resultado final, em 7 bolas a 1.
Continuo a acreditar no valor da equipa, continuo a acreditar que todos vocês sabem, querem e podem fazer mais e melhor, por isso no próximo domingo em Alfarim lá estaremos à hora marcada, para todos juntos elevarmos o nome do nosso clube mais alto e fazê-lo chegar mais além, porque juntos somos grandes!
Tenho neste momento como leitura de cabeçeira a última obra do escritor português José Rodrigues dos Santos – A Chave de Salomão, e é com um excerto da obra que me despeço esta semana, deixando-vos, mais uma vez, um convite à reflexão:
“(…)Uma equipa de futebol é muito mais do que a soma de 11 jogadores, resulta assim das propriedades emergentes entre cada elemento que a compõe(…)”

Anabela Pinto Coelho

Sem comentários: