segunda-feira, 31 de março de 2014

Iniciados: ADQC 2 X G.D. Alfarim 1

É sem dúvida um dos maiores e mais expressivos motores da sociedade, arrastando milhões, unindo gerações, estratos sociais, fazendo-nos vibrar, rir e chorar, alterar todos os planos de vida e enfrentar chuva, frio ou mesmo o sol a pique no horizonte; faz esquecer diferenças, coloca em segundo plano os problemas do dia-a-dia, é o maior desporto de massas do mundo: é o futebol!
E é por tudo isto e muito mais que todas as semanas saímos de casa para apoiar incondicionalmente aqueles que, para nós, são os melhores: Os Iniciados do Alfarim!

Esta semana o desafio foi antecipado, tendo-se disputado nas instalações da ADQC, no sábado, 29 de março, com inicio pelas 15h30 e tendo a nossa formação saído derrotada por 2 bolas a 1.

A primeira parte da partida resumiu-se em 35’ de nervos, um jogo tenso em que o anfitrião pressionou o Alfarim e aos 9’ inaugurou o marcador.
Cerca de 2’ depois foi a vez do Alfarim tentar mudar o destino do jogo, e foi o defesa-esquerdo David Amiano que com a garra que o caracteriza, marcou um belíssimo golo, colocando o marcador empatado até ao intervalo.
O restante tempo da primeira parte desenrolou-se de forma algo intermitente, pois parecia que os nossos atletas esta semana, de vez em quando, desligavam o botão ficando momentaneamente em modo off…!

Aos 5’ da segunda parte a formação da ADQC, na sequência de pontapé de canto, e numa clara atrapalhação da nossa defesa, sobe a vantagem, resultado que se manteria até ao final.

Embora neste segundo tempo se observasse mais alguma concentração do coletivo, mais posse de bola e consequentemente mais investidas na área do adversário, ficou-se muito aquém do esperado, do pedido, e daquilo que efetivamente sabemos que se tem capacidade para fazer.
Mas o futebol tem destas coisas, não há dois jogos iguais, nem sempre se consegue passar da teoria à prática, há dias de falta de inspiração, falta de sorte …

Recapitular os 70’ desta partida, é relembrar a equipa do Grupo Desportivo de Alfarim, não a jogar contra a ADQC, mas sim a jogar contra si mesma!
Contra as suas próprias movimentações, completamente presa de movimentos, chegando ao ponto de o seu colega atrapalhar um movimento defensivo e/ou ofensivo, o Alfarim levou todo o jogo a lutar contra 2 equipas e a mais difícil foi contra ela própria. Por vezes os nossos atletas esquecem-se que basta jogar futebol, divertirem-se e similarmente aplicar os automatismos treinados e aplicados semanalmente nos treinos. Em vez disso, desta vez, esqueceram-se de sentir prazer na prática do futebol, do jogo de equipa, da espontaneidade… estavam lá simplesmente porque o horário assim o predefinia. Esquecem-se que os pontos perdidos são como o tempo… não voltam atrás.

Em falta não esteve a claque, a família e os amigos que tanto à chegada com sol, como à saída já com o céu pintado de cinzento, de frio e desalento, lá se mantiveram, como sempre, no apoio incondicional, acreditando até ao último minuto que a vitória seria possível… não foi, paciência, domingo há mais, lá estaremos à hora marcada, os Iniciados agradecem!

Anabela Pinto Coelho e João Ribeiro

Sem comentários: